Santa Casa de Misericórdia de Goiânia inaugura novas enfermarias de cardiologia

A Santa Casa de Misericórdia de Goiânia conta com uma nova ala das enfermarias de cardiologia clínica e cirúrgica.  Localizada no segundo andar do hospital, em uma área de 600 metros quadrados, a nova ala de internação cardiológica possui 14 enfermarias e 37 leitos, além de sala de utilidades, sala dos médicos, postos de enfermagem, banheiros e copa.

A obra teve início em fevereiro deste ano e custou R$ 358.205,00. Parte dos recursos aplicados veio de um montante de R$ 3 milhões em emendas parlamentares federais destinadas à Santa Casa – o restante desta verba foi aplicado em outras obras físicas e na aquisição de equipamentos e insumos. A outra parte destinada à reforma das enfermarias é oriunda de recursos repassados ao hospital pela Secretaria Estadual de Saúde.

As novas enfermarias chegam para trazer mais qualidade, conforto e segurança à assistência prestada à população pelo maior hospital da rede do Sistema Único de Saúde (SUS) do Centro-Oeste. Essa reforma faz parte do trabalho de modernização, adequação da estrutura física e humanização da Santa Casa, que completou 85 anos em 2021 e tem como compromisso primordial o atendimento humanizado e com qualidade.

Inauguração

A solenidade de inauguração, realizada no dia 24 de março com as bênçãos de Dom Levi Bonatto, contou com a presenças dos superintendentes do hospital, Irani Ribeiro de Moura (Geral), Cláudio Tavares Silveira Sousa (Técnico) e Irondes José de Morais (Administrativo); do assessor especial do Ministério da Saúde, João Lopes de Araújo Júnior; do chefe da Cardiologia, Rômulo Sales de Andrade – que também representou o Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás (Cremego) -; do deputado federal Francisco Júnior; do secretário de Saúde de Goiânia, Durval Pedroso; de médicos do corpo clínico, colaboradores e demais convidados, como a pró-reitora de Graduação da PUC Goiás, Sônia Margarida Gomes.

Rômulo Sales de Andrade recordou o início dos atendimentos de cirurgia cardíaca na Santa Casa e enfatizou que a inauguração vem aperfeiçoar esse trabalho, trazer maior acolhimento e respeito ao paciente. “Esse serviço nasceu de um sonho, foi crescendo, ganhou credibilidade e, hoje, é uma referência”, disse, citando também que o serviço forma quatro residentes a cada ano.

O deputado federal Francisco Júnior – que, em conjunto com o senador Vanderlan Cardoso e a deputada federal Flávia Morais, é autor das emendas parlamentares cujos recursos foram investidos na obra – ressaltou que a boa aplicação das verbas é possível graças à gestão competente que a Santa Casa tem.

O superintendente Administrativo, Irondes José de Morais, fez uma breve prestação de contas, detalhou os recursos aplicados na obra das enfermarias de cardiologia e os investimentos feitos recentemente em outros setores do hospital. “Agradecemos a sensibilidade dos parlamentares que destinaram os recursos à Santa Casa”, afirmou.

Cláudio Tavares Silveira Sousa, superintendente Técnico, recordou o planejamento feito para a aplicação das emendas. “Buscamos identificar as áreas que necessitavam de reparos, equipamentos, ampliação e convertemos os recursos em melhorias”, disse, enfatizando que os novos leitos vão incrementar a alta complexidade cardiovascular na Santa Casa, atendendo a cardiologia clínica, cirúrgica e hemodinâmica, que contam com um corpo clínico altamente qualificado e dedicado.

A superintendente Geral, Irani Ribeiro de Moura, citou que a nova ala proporcionará melhores condições de trabalho aos médicos, colaboradores, residentes, mas, sobretudo, oferecerá uma assistência mais humanizada e com maior qualidade aos pacientes. “As pessoas com menor poder aquisitivo também têm direito a uma assistência digna, de qualidade, e trabalhamos para isso. Priorizamos a cardiologia porque somos referência na área, mas queremos levar melhorias a todas os setores do hospital”, disse ela, que agradeceu o envolvimento de toda a família Santa Casa na obra.

O assessor especial do Ministério da Saúde, João Lopes de Araújo Júnior, parabenizou os superintendentes pelo trabalho e dom Levi Bonatto pelo apoio da Arquidiocese. Ele também cumprimentou os colaboradores, enfatizando a importância de cada um para o bom funcionamento do hospital. “As Santas Casas de Misericórdia são muito importantes para o Ministério da Saúde, pois oferecem uma assistência mais humanizada e o Governo Federal está atendo às necessidades delas”, garantiu.

Clique aqui e ou acesse o instagram da Santa Casa (@santacasago) e confira as fotos e vídeos da inauguração.

Confira também: SANTA CASA EM FOCO – PUC TV Destaca A Inauguração Da Nova Ala Das Enfermarias De Cardiologia Da Santa Casa De Misericórdia De Goiânia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.