A escassez de contraste iodado no mercado brasileiro obriga a Santa Casa a solicitar a suspensão de novas internações que necessitem de hemodinâmica e tomografia com contraste

Diante da escassez de contraste iodado em todo o mercado nacional, a Santa Casa de Misericórdia de Goiânia solicitou à Secretaria Municipal de Saúde a suspensão de encaminhamento de novos pacientes que necessitem de procedimentos de hemodinâmica e tomografia com contraste.

A Santa Casa de Misericórdia de Goiânia informou à Secretaria Municipal de Saúde que, diante dessa situação de escassez de contraste (substância necessária para realizar exames de imagem), está priorizando os atendimentos a:

Pacientes já internados

Urgências externas

Pacientes com cirurgias eletivas já agendadas

E tomografia de pacientes já em atendimento.

Os demais procedimentos, cuja suspensão foi solicitada ontem, 20, devem ser retomados assim que o fornecimento do contraste for normalizado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.