E-mail Santa Casa contato@santacasago.org.br Telefone Santa Casa (62) 3254-4200 Transparência Santa Casa Banco de sangue para Santa Casa Banco de Sangue Resultados de exames Exames Doe Agora para Santa Casa Quero Doar
bem-vindo-ao-site
especialidades-medicas-e-exames
banco-de-sangue
atendimento-psicologico
bem-vindo-ao-site
especialidades-medicas-e-exames
banco-de-sangue
atendimento-psicologico
previous arrow
next arrow

Presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Goiás visita a Santa Casa de Misericórdia de Goiânia

A Santa Casa de Misericórdia de Goiânia recebeu hoje, 22, pela manhã, a visita do presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Goiás, deputado Gustavo Sebba. Ele reuniu-se com a superintendente geral da Santa Casa, Irani Ribeiro de Moura, com o superintendente técnico, André Luiz Carneiro Martins Chaves, e com o superintendente administrativo, Irondes José de Morais.

O objetivo da visita, segundo o deputado, foi conhecer o funcionamento do hospital neste momento de pandemia com o objetivo de propor medidas para sanar possíveis falhas e ajudar a melhorar a assistência à saúde da população em Goiás. “Sabemos da importância da Santa Casa, temos recebido algumas denúncias e viemos aqui para ver o que está acontecendo e como podemos ajudar”, disse.

O superintendente administrativo solicitou que as denúncias sejam documentadas para que possam ser avaliadas e respondidas detalhadamente pela Santa Casa. Esse relatório da Comissão, de acordo com Irondes Jose de Morais, vai, inclusive, contribuir para que a Santa Casa avalie e aperfeiçoe o seu funcionamento.

Durante a reunião, a superintendente geral fez um rápido balanço de sua gestão, recordando que ao assumir o cargo, em 2017, encontrou o hospital em uma grave crise financeira. “Os funcionários estavam com salários atrasados, tínhamos uma grande dívida com o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, estávamos sem medicamentos e sem recursos para a compra”, exemplificou, ressaltando que a Santa Casa estava prestes a fechar.

Ciente da importância do hospital para a saúde em Goiás e com o apoio dos superintendentes, Irani Ribeiro de Moura não mediu esforços para “colocar a Santa Casa nos trilhos”.  “Trabalhamos muito para não deixar nenhum paciente sem assistência, pois nossa missão é salvar vidas e, hoje, temos uma estrutura bem servida. Nossa instituição é filantrópica, depende 96% de recursos Sistema Único de Saúde (SUS), convive com tabelas defasadas há anos, mas com uma gestão responsável, honesta e eficiente, temos conseguido atender a população”, disse.

Nesta reestruturação, a Santa Casa contou com o apoio da bancada federal goiana por meio de emendas parlamentares que permitiram a realização de reformas e a compra de equipamentos para o hospital. Convênios com o governo estadual também destinaram recursos à instituição. Segundo a superintendente geral, toda ajuda é bem-vinda e é preciso que entendam que o SUS é federal, estadual e municipal e deve contar com recursos das três esferas.

“A Comissão de Saúde poderia ajudar na discussão sobre esse financiamento, pois a Santa Casa é o hospital municipal de Goiânia, que atende desde consulta a transplante, ou seja, atendemos baixa, média e alta complexidade”, disse Irani Ribeiro de Moura, que sugeriu a realização de uma audiência pública na Assembleia Legislativa para debater o funcionamento e o financiamento da Santa Casa.

O deputado Gustavo Sebba acatou a sugestão e deve propor a realização desta audiência em agosto. Após a reunião com os superintendentes, ele conheceu vários setores do hospital, como o banco de sangue, o centro cirúrgico e Unidades de Terapia Intensivas, e pode ver um pouco do funcionamento do maior hospital da rede do SUS do Centro-Oeste.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.