Santa Casa de Goiânia no Dia Internacional do Voluntário

 

O Dia Internacional do Voluntário, cinco de dezembro, foi a data em que a parceria, iniciada em janeiro deste ano, entre o Voluntariado da Santa Casa de Goiânia e a Organização das Voluntárias de Goiás foi reforçada em solenidade que voluntários e parceiros receberam certificado oferecido pela OVG em agradecimento pela parceria e apoio à promoção da cultura do voluntariado no Estado de Goiás.
O coordenador do Serviço de Psicologia e do Voluntariado no Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Goiânia, Roberto Ribeiro de Moura, contou que 12 turmas de voluntariado foram formadas no hospital desde a criação da atividade. Segundo ele, isso só foi possível graças a parceria com a OVG.
Roberto Ribeiro lembrou uma bela reflexão do Papa Francisco. “Os rios não bebem sua própria água; as árvores não comem seus próprios frutos. O sol não brilha para si mesmo; e as flores não espalham sua fragrância para si. Viver para os outros é uma regra da natureza. A vida é boa quando você está feliz; mas a vida é muito melhor quando os outros estão felizes por sua causa”.
A diretora geral da OVG, Idelma Rodrigues, disse que o voluntariado está na origem da Organização. “Estar aqui homenageando aqueles que se dedicam ao trabalho voluntário é uma grande honra. Ser voluntário é ser útil, sem esperar recompensas. É saber compartilhar o que temos de mais precioso: amor, felicidade, sabedoria, conhecimento, tempo e humildade, sendo por vezes uma bênção do céu.”
A presidente de honra da OVG, Fabrina Müller, disse que acredita muito na força do voluntariado. “Ser voluntário é acreditar sempre na vida, ter fé, não desistir, buscar o melhor no outro. É trabalhar e servir, na prática do bem, em atitude fraterna e cristã. Tenho certeza de que todos os homenageados têm preciosas lições de vida e amor para ensinar”.

Com informações e fotos da Assessoria de Comunicação e Marketing Institucional da OVG